OBJETIVO GERAL


OBJETIVO GERAL:
Evangelizar a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (Jo 10,10), rumo ao Reino definitivo.


quarta-feira, 15 de julho de 2015

PARÓQUIA DE CENTRO NOVO REÚNE COORDENADORES DE CEB’S PARA PREPARAR A FESTA DAS COMUNIDADES

A Paróquia de Centro Novo, através do seu pároco Pe. Nunes, reuniu no dia 8 de junho toda as lideranças da comunidade Limão e no dia 12 de junho as lideranças da comunidade Pico Eixo, Vila Sabiá e Beira Rio para tratar da Festas das Comunidades que acontecerá naquelas comunidades nos dias 15 e 16 de agosto.

Sendo que no dia 30 de maio, Padre Nunes se reuniu com os coordenadores de toda a Paróquia na comunidade da Quadra 40 e decidiram que a festa das comunidades deste ano será uma experiência missionária em 4 comunidades:

COMUNIDADE DO LIMÃO (sede da festa das ceb’s)

COMUNIDADE PICO EIXO

COMUNIDADE DA VILA SABIÁ

COMUNIDADE DA QUADRA BEIRA RIO

Portanto, no dia 15 de Agosto (sábado) todas as comunidades da paróquia serão divididas nestas quatro comunidades aonde farão visitas nas famílias durante o dia e a noite uma celebração de confraternização em cada comunidade.

Já no dia 16 de Agosto (domingo) todas as comunidades se concentrarão na comunidade do Limão aonde será a conclusão da festa das CEB’s, até o almoço, com apresentações culturais das comunidades como teatro, coreografias e outras apresentações. Segundo o professor Euzim, coordenador da Comunidade Chega Tudo, esta nova ideia de padre Nunes, de renovar e dar um caráter missionário a nossa Festa das Comunidades é muito boa e bem-vinda.”

Já o Senhor Raimundo, da Comunidade Limão, afirma: “estas reuniões para preparar os nossos eventos que o Padre realiza são muito boas, até os festejos das comunidades às vezes a gente reuni algumas comunidades vizinhas para preparar nossos festejos em conjunto com o padre e isto dar uma maior união as comunidades que se dedicam nos festejos das comunidades vizinhas.” E dessa forma, “o padre sempre diz que está aprendendo com a gente, mas na verdade ele que está nos ensinando com estas reuniões para avaliar campanha da fraternidade, prestar conta do dízimo das comunidades e fazer planejamento” afirma dona Maria, da Comunidade Beira Rio.

Por Pe. Elinaldo Nunes


Nenhum comentário:

Postar um comentário