OBJETIVO GERAL


OBJETIVO GERAL:
Evangelizar a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (Jo 10,10), rumo ao Reino definitivo.


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Pastoral Vocacional Diocesana realiza encontro na Paróquia São João Batista em São João do Carú

Nos dias 12 e 13/09/2015, aconteceu um encontro vocacional na Paróquia São João Batista na cidade de São João do Carú, lá estavam presentes aproximadamente 30 jovens que eram tanto da cidade, como das comunidades do interior, bem como: os seminaristas Cleyton, Jackson, Tarcísio e Werbeson; e o Pe. Márcio Júnior promotor vocacional da Diocese e nesses dias o palestrante do encontro, o qual tinha como tema: vocacionados para servir. 

No dia 12, 1º dia da palestra, o encontro deu-se início as 08:30 na matriz com a celebração vocacional. Logo após o momento de celebração, todos se dirigiram para o salão paroquial para dar início a primeira seção de palestra as 09:30 com a apresentação do Pe. Márcio Junior, dos seminaristas e de todos os participantes. Após a apresentação o padre disse que a palavra vocação vem do verbo latino vocare, que significa simplesmente chamar. Por trás de todo chamado há alguém que chama, um Deus que ama. Deus puro amor, por amar a todos, chama a todos pelo nome. Chama a todos para uma missão. Ninguém é chamado para servir a si mesmo mas para exercer um serviço em favor da comunidade. Mas Deus respeita nossa liberdade. É Deus que tem a iniciativa de chamar, mas não é Ele quem da resposta. Diante do chamado de Deus, é preciso a participação humana. Deus chama a todos, sem exclusão. Quem diz “sim” a Deus não consegue permanecer mais o mesmo. Torna-se outra pessoa radicalmente diferente.


Após um momento de reflexão sobre o sentido da vocação, Pe. Marcio Junior falou sobre a história de um santo da Igreja, que na vida deixou um grande testemunho de conversão e Fé, que foi São Francisco de Assis. Homem que deixou ser transformado por Deus, pois era considerado um louco perante as pessoas, sendo que ele realmente estava louco por Deus e pelo seu Reino. Francisco foi um jovem que reconstruiu a Igreja. A igreja estava com Francisco e Francisco estava com ela e com Jesus. Seus pais ainda não haviam percebido, mais seu filho estava totalmente apaixonado por Cristo e pelo seu reino de Deus. Em vez de ajudar seu pai a acumular mais bens passou a distribuir os bens de seus pais aos pobres, em vez de sonhar com a nobreza começou a viver a pobreza. 

No período da tarde do mesmo dia, as 14:30 deu início a 2ª parte do encontro, iniciando com um momento de oração e animação feita pelos seminaristas, e logo após foi entregue aos presentes um texto do Papa Francisco, que tinha como tema: o êxodo, experiência fundamental da vocação. 

Toda vocação exige sempre um êxodo de si mesmo para centrar a própria existência em Cristo e em seu evangelho, um real e verdadeiro êxodo, é o caminho da alma cristã e da Igreja inteira, a orientação decisiva da existência para o Pai. A experiência do êxodo é paradigma da vida cristã, particularmente de quem abraça uma vocação de especial dedicação ao serviço do Evangelho. 

Ao término da reflexão sobre esta mensagem do Papa, o palestrante fez uma pequena atividade em grupo, pois cada grupo teve um representante para comentar as perguntas. No final desta atividade, todos se dirigiram para a Matriz onde ocorreu o terço vocacional encerrando deste modo o 1º dia de palestra as 17:00. 

No dia seguinte, as 8:30 deu-se início ao segundo dia de encontro com um momento de oração e animação. Prosseguindo com o tema da palestra: a comunidade: útero da vocação.

É na comunidade que descobrimos a nossa vocação. A comunidade deve ser um canteiro vocacional e não um cemitério vocacional. Existem vários modos de descobrir se a comunidade é um canteiro vocacional ou um cemitério vocacional. Há jovens na comunidade, em grupos, pastorais, seminário, casa de formação, liderança de comunidade em constante modificação, entre outros? Depois de ter discorrido sobre a importância da comunidade foi lido aos presentes o testemunho de vida de Madre Tereza de Calcutá. Mulher de família rica, que depois se entregou ao serviço dos mais pobres, mulher de Fé, não passava um dia sem rezar no mínimo quatro a cinco horas por dia, seu exemplo transformou a cidade de Calcutá, pois era considerada uma santa. Madre Tereza serviu aos mais pobres, aos mais abandonados e aos mais necessitados. 

Após este momento de palestra teve uma pequena pausa para o lanche as 9:45e reiniciou as 10:00 com uma dinâmica feita pelos seminaristas e prosseguindo com a última seção de palestra, discorrendo sobre os carismas, a vocação a santidade, a vocação a vida religiosa e vocação a vida sacerdotal.

Carisma é gratuidade, benevolência, dom da graça de Deus. É na comunidade que descobrimos o nosso carisma, são os carismas que promovem a comunidade. Deus chama a todos para a santidade, sozinhos não podemos ser santos. Ser santo é assumir o que você é, é assumir a tua humanidade. A vocação religiosa: é uma opção para quem deseja seguir Cristo na radicalidade do evangelho. A vocação a vida sacerdotal: o padre diocesano é alguém que deve se configurar a Jesus, o Bom Pastor. O padre diocesano é um exemplo de Pastor a exemplo de Jesus. A preparação para o padre diocesano é no seminário, onde são trabalhados alguns aspectos. Somos chamados a felicidade, pois Deus é feliz. Por fim, após o momento de palestra todos se dirigiram para a Matriz, para o momento de adoração ao santíssimo sacramento, seguida da benção solene com o santíssimo e a despedida de todos os que participaram do encontro.   

Agradecemos ao pároco Pe. Pedro, a irmã Deuseni e a irmã Iza pelo acolhimento, e ajuda por tudo que necessitamos nos dias de encontro. 



 

Um comentário:

  1. Reproduzimos essa notícia no Sire do Grupo de Oração Nossa Senhora das Graças, acesse o link:
    http://gruponsgraca.blogspot.com.br/2015/09/NotArq-c067.html

    ResponderExcluir