OBJETIVO GERAL


OBJETIVO GERAL:
Evangelizar a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (Jo 10,10), rumo ao Reino definitivo.


sexta-feira, 31 de março de 2017

POSSE DO PÁROCO PE. PAULO RICARDO EM SANTA TEREZINHA DO MENINO JESUS


          Aconteceu no dia 11 de março, na Matriz de Santa Teresinha do Menino Jesus em Presidente Médici, às 18hs a Missa solene em que foi empossado como novo pároco o Reverendo Padre Paulo Ricardo Teixeira Marques, que também assumiu a função de vigário da Paróquia Santa Luzia na Cidade de Santa Luzia do Paruá. A celebração contou com um número significativo de pessoas vindas de várias paróquias da Diocese, entre elas: seus familiares, padres, religiosos, religiosas e o bispo Diocesano Dom João Kot, OMI, que presidiu a Santa Missa e conferiu a posse ao novo pároco. Estavam presentes também representantes da prefeita municipal, que entregou a chave da cidade manifestando apoio e colaboração na nova administração paroquial.

          A missa foi bem participada e animada, onde o novo pároco depois de escutar a provisão renovou sua profissão de fé, suas promessas sacerdotais e prestou seu juramento ao bispo como colaborador na diocese e agora pároco desta paróquia.

          Na homilia o bispo destacou a importância do trabalho do padre como pastor e colaborador da Paróquia, sendo atuante e dando bom testemunho para seu rebanho. Um bom pastor está sempre no meio de suas ovelhas e elas o seguem porque conhecem a sua voz. E pediu que a comunidade acompanhasse o novo pároco nas orações e tarefas pastorais.

          Após a Missa o novo pároco foi acolhido pelas autoridades civis e lideranças religiosas da paroquia, encerrando assim uma bonita manifestação de fé e ação de graças.


















terça-feira, 28 de março de 2017

PARABÉNS DOM CARLO...

          É com muito jubilo que a Diocese de Zé Doca celebra hoje 28 de março, mais um ano de vida do nosso querido e amado Bispo Emérito Dom Carlo Ellena. O qual, pedimos a Deus que continue abençoando, fortalecendo e iluminando sua vida e sua missão.

          Dom Carlo, receba nossas orações e agradecimentos por ter contribuído com a nossa Diocese, pois o senhor tem sido um grande “pastor de almas e sucessor dos apóstolos, pela força do Espirito Santo” (CHRISTUS DOMINUS, 575). Que nesse sentido soube conduzir no seu exercício de pastor o povo maranhense, em especial, a Diocese de Zé Doca, no caminho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Por tudo isso, nós da Diocese lhe somos muito gratos.

          Pedimos a Virgem Maria, nossa Mãe que continue lhe protegendo e intercedendo pela sua caminhada. E que possa celebrar ainda muitos anos de vida.

          Com carinho e abraços fraternos de Dom João Kot, OMI e de toda Diocese de Zé Doca.


sexta-feira, 24 de março de 2017

NOTA DA CNBB SOBRE A PEC 287/16 - “REFORMA DA PREVIDÊNCIA”



DIOCESE DE ZÉ DOCA ACOLHE OS COORDENADORES DA CATEQUESE DO REGIONAL NORDESTE V



   
       Nos dias 10, 11, 12 do corrente mês, estiveram na reunião anual em Zé Doca, os Coordenadores de Catequese de nosso Regional Nordeste V, para partilharmos nossas experiências catequéticas e para estudo sobre o itinerário catequético: Iniciação á Vida Cristã, um caminho de encontro com Jesus Cristo, onde foi aprofundado dentro deste processo a finalidade de uma comissão e como deve ser formada, ministério da coordenação e o perfil e missão do introdutor. Fomos assessorados por Pe. Antônio Depizzoli, assessor da comissão Bíblica Catequética Nacional de Brasília, e estiveram presentes onze dioceses de nosso regional faltando apenas a Diocese de Caxias. Nossa Diocese de Zé Doca teve uma participação muito boa, com as presenças dos coordenadores de três foranias.

       Mesmo em meio a tantos outros compromissos, tivemos a alegre e acolhedora presença de nosso Bispo referencial da Catequese de nosso Regional Dom João Kot, OMI. Que com alegria e disponibilidade nos acolheu e se colocou à disposição para juntos continuarmos essa caminhada. Por tudo demos graças a Deus. Um obrigado especial a Dom João, ao Pe. Antônio Depizzoli e aos padres que enviaram os coordenadores das foranias a estarem conosco.

   Tivemos a oportunidade de formarmos uma pequena Equipe que irá conduzir com a ajuda de Dom João a Catequese de nossa Diocese. Esta será composta por: Sandra Maria de Gurupi, Francilene Mafra de Nova Olinda e Raimundo Japão de Luis Domingues. 

     A todos um carinhoso abraço e minha gratidão e, conto com vossas orações e saibam que estarão sempre presentes em minhas orações. 

                                     
                                     São João do Caru, 13 de março de 2017 

    Com amizade e carinho,
  Irmã Deusení Matos









quinta-feira, 23 de março de 2017

CARNAVAL EM ORAÇÃO: RETIROS DOS SEMINARISTAS DE ZÉ DOCA


       O retiro é um momento oportuno para o recolhimento pessoal, onde a alma humana busca encontra-se com o seu criador, é um momento não para decifrar os mistérios de Deus, mas é a oportunidade do homem se lançar neste mistério e encontrar sua paz interior, e foi com esse objetivo que nos dias 25, 26 e 27 de fevereiro de 2017 os seminaristas da Diocese de Zé Doca, estudantes de filosofia e teologia, entre eles o seminarista Marcinaldo Aguiar que está cursando teologia em Belém PA, e os propedêuticos do Seminário Sagrada Família: Elismar e Joaquim, estiveram em retiro no Centro Diocesano São João XXIII.

       E de maneira especial neste ano, tivemos a oportunidade e a alegria de termo como pregador, o responsável pela formação dos oblatos Pe. Cleber Lopes, OMI, que levou seus sete noviços oblatos para participar do retiro: João Vitor, Jefferson, Diosnel de naturalidade Paraguai, Omar de naturalidade boliviana, Mariano de naturalidade Argentina, Valentim e Rivaldo.

       O retiro iniciou-se com a celebração da Santa Missa, presidida pelo Pe. Agnaldo Oliveira reitor do Seminário Maior Dom Guido Maria Casullo, e concelebrada pelos padres: Pedro Eduardo e Cleber Lopes, e também foi contemplado com a presença do Bispo Dom João Kot, OMI. Após a Santa Missa ouvem as apresentações entre noviços oblatos e os seminaristas diocesanos.  O tema abordado neste retiro foi: “A caminho do encontro pessoal com Jesus Cristo”, onde o pregador nos convidou a refletir sobre o chamado de Jesus: que nos chama a estar com Ele, transfigurar-nos como Ele, e sermos enviado em nome Dele. E acrescentou que diante desses aspectos somos convidados a irmos ao encontro e deixarmos ser encontrado: na reflexão, na partilha, na escuta e na oração, pois o nosso Deus, é um Deus que chama, um Deus que ama e um Deus que envia.

       No domingo a Celebração Eucarística foi realizada na Catedral de Santo Antônio, as 19h30, presidida por Dom João e concelebrada pelos padres: Cleber, Pedro e José Raimundo, juntamente com todos os seminaristas, noviços, religiosas e o povo Zédoquense.

       E para maior intimidade com Cristo, no retiro tivemos: Adoração Eucarística, momentos de deserto, partilha e convivência. E ao término do retiro tivemos um momento penitencial, com confissões com os padres: André Braz, José Raimundo Pinheiro, Monsenhor Raimundo Brito e o pregador do retiro Cleber Lopes.  Proporcionando momentos que nos levam a um encontro pessoal com Deus, e nos proporcionam uma espiritualidade profunda na nossa caminhada vocacional. O pregador também citou que: a oração não se constrói de palavras, mas de relação, e não são as palavras as mais importantes, mas a celebração de um encontro.

       O retiro foi um momento de graça para todos os participantes, que além de uma rica espiritualidade, contou com uma ótima infraestrutura tanto no transporte de ida e volta São Luís / Zé Doca, pelo Reitor do Seminário Maior Padre Agnaldo Costa, como na hospedagem, na alimentação e na organização, graças a nosso bispo diocesano Dom João Kot, OMI, ao Reitor do Seminário Propedêutico e da Escola Diaconal, padre Pedro Eduardo e a equipe de cozinha, aos quais, somos muito agradecidos.

Texto: Seminaristas Jakson Silva
 e Weverson Almeida