OBJETIVO GERAL


OBJETIVO GERAL:
Evangelizar a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (Jo 10,10), rumo ao Reino definitivo.


domingo, 27 de novembro de 2011

A Diocese de Zé Doca realiza a VIII Assembléia Diocesana de Pastoral

Nos dias 17-20 de Novembro a Diocese de Zé Doca realizou a VIII Assembléia Diocesana de Pastoral, no Centro Diocesano “João XXIII” em Zé Doca, com o tema “Evangelizar com o novo Plano Diocesano de Pastoral” e com sub-tema: “Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora do Brasil”. Participaram 112 delegados, entre Padres, Religiosas e Religiosos e Leigos.

A Assembléia foi aberta com um intenso momento de oração, celebrada na Capela do Centro Diocesano, para invocar o Espírito Santo ao fim de guiar os nossos trabalhos, reflexões e discernimentos a luz da Palavra de Deus.

O Bispo diocesano, dom Carlo Ellena, agradeceu a todos os participantes pela disponibilidade em se colocar a serviço da Igreja, sinal positivo de que estamos querendo evangelizar e catequizar em comunhão com toda a Diocese e a Igreja, a luz das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil e com as Diretrizes do Regional Nordeste V.

 O Pe. Reginaldo Santos Costa, representante do Clero diocesano, apresentou as Diretrizes da Ação Evangelizadora do Regional Nordeste V para o 2011-2015 que nos ajudou a alcançar um conhecimento geral da realidade sócio-política, religiosa e cultural do Maranhão. O secretario executivo do Regional Nordeste V, Pe. José Adalberto Vanzella, apresentou as “Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora no Brasil”, ajudando a refletir sobre as 5 urgências da ação evangelizadora. O conhecimento das Diretrizes Gerais e as Diretrizes do Nordeste V foi fundamental e necessário para escolher as prioridades pastorais para o novo Plano Diocesano de Pastoral.

Após a apresentação dos dois Documentos, trabalhamos em grupos para refletir, escolher e elaborar as prioridades a ser trabalhadas na Diocese ao longo dos próximos quatro anos. No plenário sobressaíram muitas urgências pastorais, inclusive a dos povos indígenas, e a necessidade da conversão pastoral, sobretudo acompanhando a preparação dos Sacramentos da Iniciação Cristã.

Foram aprovadas duas prioridades pastorais, síntese das muitas propostas apresentadas no plenário:

1. Formação integral, principalmente para o laicato, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina da Igreja, envolvendo fé e vida em todos os seus aspectos, para promover a vida plena, a unidade e o fortalecimento da missão pastoral e ministérios.
2. Construir uma Igreja profética e missionária levando em conta a formação, as demandas e os desafios sociais que favoreça a vida em plenitude à luz da opção preferencial pelos pobres, para defender e promover a vida.

Um momento muito importante foi a eleição da nova Coordenação Diocesana de Pastoral e de outras Coordenações Diocesanas. Estes dias de assembléia foram fortalecidos por momentos intensos de oração, culminantes com a Celebração Eucarística da vigília da Solenidade de Cristo Rei. Encerramos os trabalhos na Capela, para agradecer a Deus e pedir luz, força e coragem para a caminhada Pastoral da nossa Diocese, durante os próximos quatro anos.

As novas Coordenações receberam a posse e todos foram enviados em missão pelo Bispo diocesano dom Carlo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário