OBJETIVO GERAL


OBJETIVO GERAL:
Evangelizar a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (Jo 10,10), rumo ao Reino definitivo.


quarta-feira, 22 de novembro de 2017

XIV ASSEMBLEIA DIOCESANA DE PASTORAL DA DIOCESE DE ZÉ DOCA



       Dos dias 17 a 19 de novembro de 2017, a Diocese de Zé Doca realizou a sua XIV Assembleia Diocesana de Pastoral. A abertura da mesma ocorreu na capela de Nossa Senhora de Guadalupe, no Centro Diocesano São João XXIII ás 19h30, com a oração inicial. 

       Para o seu bom funcionamento a Assembleia, foi dividida em 6 seções onde se abordou diversas temáticas concernentes às Foranias, às Paróquias e a Diocese como um todo.

    Dom João Kot saudou todos os participantes da Assembleia e fez suas considerações iniciais, enfatizando alguns assuntos de extrema importância para o bom andamento da Diocese, a saber: Economia – finanças, Carta Circula nº 2, e Liturgia. Ele apresentou e comentou sobre esses assuntos, principalmente sobre a Carta Circular nº 2 que foi direcionada aos Párocos e aos Conselhos Econômicos das Paróquias da Diocese de Zé Doca. Além disso, solicitou aos Párocos o levantamento patrimonial de suas paróquias. 

       Em última instância, requereu que a partir de janeiro de 2018 todas as paróquias enviem para a Cúria suas prestações de contas mensal, assinada pelo Pároco e os representantes do Conselho Econômico. De certo que é obrigatório a prestação de contas e necessária para fins fiscais. Com efeito, ele também fez uma ressalva para o bom uso das vestes e materiais utilizados na celebração litúrgica, afim de não haver a dessacralização das coisas do culto divino. 

      De acordo com a programação, os vigários de cada Forania apresentaram uma retrospectiva dos acontecimentos e atividades realizadas no ano de 2017. 

      É valido ressaltar que, ao passo que ia sendo feito as exposições das pastorais por meio das lideranças, a respeito de seus trabalhos realizados, foram surgindo questões e sugestões para melhorar os trabalhos pastorais nos próximos anos, como por exemplo: dar mais atenção à formação sobre alguns sacramentos, como o batismo e o matrimônio. Foi enfatizado também a necessidade de se trabalhar a catequese com inspiração catecumenal. Com efeito, surgiu a proposta de se fazer um livro que contemple as questões mais carentes das paróquias, afim de ser trabalhado na Diocese para seu melhor desenvolvimento. 

      Cada Forania se reuniu para discutir algumas questões e opinar a respeito de alguns temas debatidos na Assembleia e de acordo com os resultados apresentados foram aprovados os seguintes assuntos: 

Acontecerá a cada dois anos a assembleia diocesana e Foranea de pastoral, ou seja, um ano será a assembleia a nível diocesano e no outro ano será a nível de Forania. 

Os assuntos das Assembleias Foraneas devem levar em conta os encaminhamentos e as decisões das Assembleias Diocesanas, para depois se aplicar nas paróquias. 

As Assembleias Foraneas devem propor os temas e os assuntos para as Assembleias Diocesana de Pastoral e servir de apoio para as Assembleias Paroquiais.

Foi decidido que a Missa da Unidade será na paróquia São Francisco de Assis em Bom Jardim- MA, dia no dia 22 de março de 2018.

Foi decidido que vai acontecer a nível diocesano o primeiro encontro para se fazer um estudo sobre economia e administração.

Os encontros de pais e padrinhos terão a carga horaria de 4hs e terá validade de um ano.

O curso de noivos deverá ser feito em dois encontros contendo em cada um a carga horário de 2h30, e a sua validade será de um ano.

Será elaborado os materiais catequéticos para formação nas Foranias. 

  Em suma, a Assembleia teve seus últimos encaminhamentos, programação diocesana e avisos finais. Assim, a Assembleia foi encerrada com o almoço. 



















Nenhum comentário:

Postar um comentário