OBJETIVO GERAL


OBJETIVO GERAL:
Evangelizar a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (Jo 10,10), rumo ao Reino definitivo.


terça-feira, 25 de junho de 2013

CNBB cria ação de boas-vindas ao Papa Francisco

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançará um livro em dois volumes: o primeiro volume contando, de forma temática e com testemunhos, a Peregrinação da Cruz e Ícone de Nossa Senhora pelo Brasil, denominada no país como “Bote Fé”; no segundo volume, constarão nome, paróquia, cidade e algumas mensagens de participantes dessa ação por meio da Rede Social eCatholicus.

Para ter o nome impresso no livro, os fiéis devem acessar a https://www.ecatholicus.com.br/Publico/Login.aspx  a rede social da Igreja Católica lançada recentemente pela CNBB em parceria com o CERIS - Centro de Estatísticas Religiosas e Investigações Sociais e a Associação Petras de Promoção da Igreja. Na rede, após se cadastrar, o usuário deverá buscar pelo perfil do Papa Francisco, localizar o campo para a assinatura e deixar uma mensagem que será encaminhada ao Santo Padre pela CNBB.

"Naturalmente nem todas as mensagens poderão ser impressas no livro, apenas algumas que serão selecionadas por uma equipe da CNBB. Mas todos os nomes das pessoas que participarem dessa ação constarão no livro que também indicará a paróquias e a cidade desse fiel", disse padre Valdeir Goulart, que coordena a ação. "As mensagens não selecionadas serão disponibilizadas ao Papa por meio eletrônico", completou padre Valdeir. “As mensagens poderão ser redigidas utilizando apenas 150 (cento e cinquenta) caracteres. "Foi uma maneira que encontramos para otimizar a ação e evitarmos textos longos. Como prevemos uma grande participação dos fiéis nessa campanha, textos longos dificultariam a ação", disse Fábio Castro, administrador da rede eCatholicus.


quarta-feira, 19 de junho de 2013


BANDEIRA PEREGRINA DA PARÓQUIA DE 
ZÉ DOCA- MA


Os jovens da paróquia catedral de Santo Antônio que irão a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), levarão uma bandeira para o Rio de Janeiro, (RJ) em homenagem todos àqueles que assinarem a bandeira.









A bandeira que os jovens levarão a JMJ começou a circular desde dia 08 de junho do ano corrente (período da festividade de santo Antônio), já obteve várias assinaturas até mesmo do nosso bispo diocesano Dom Carlo Ellena.




A bandeira tem como objetivo angariar recursos financeiros para ajudar os jovens que representarão a paróquia catedral de Santo Antônio na Jornada Mundial da Juventude que contará com a presença de Sua Santidade Papa Francisco.  Qualquer informação ou ajuda entre em contato conosco através do e-mail: diocesezedoca_ma@hotmail.com





















AJUDEM-NOS

São José inserido nas Orações Eucarísticas do Missal Romano

A Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, por meio de um de um decreto emitido no dia 1º de maio passado, inseriu São José no texto das Orações Eucarísticas II, III e IV do Missal Romano. “Pelo seu lugar singular na economia da salvação como pai de Jesus, São José de Nazaré, colocado à frente da Família do Senhor, contribuiu generosamente à missão recebida na graça e, aderindo plenamente ao início dos mistérios da salvação humana, tornou-se modelo exemplar de generosa humildade, que os cristãos têm em grande estima, testemunhando aquela virtude comum, humana e simples, sempre necessária para que os homens sejam bons e fiéis seguidores de Cristo”, afirma o texto.

“Na Igreja Católica os fiéis, de modo ininterrupto, manifestaram sempre uma especial devoção a São José honrando solenemente a memória do Esposo da Mãe de Deus como Patrono celeste de toda a Igreja; de tal modo que o Beato Joã
o XXIII, durante o Concílio Ecumênico Vaticano II, decretou que no antiquíssimo Cânone Romano fosse acrescentado o seu nome. O Sumo Pontífice Bento XVI acolheu e quis aprovar tal iniciativa manifestando-o várias vezes, e que agora o Sumo Pontífice Francisco confirmou, considerando a plena comunhão dos Santos que, tendo sido peregrinos conosco neste mundo, nos conduzem a Cristo e nos unem a Ele”, explica o decreto.

A partir de agora, no texto das Orações Eucarísticas II, III e IV da terceira edição típica do Missal Romano, o nome de São José deve ser colocado depois do nome da Bem-aventurada Virgem Maria como se segue: na Oração Eucarística II: “ut cum beata Dei Genetrice Virgine Maria, beato Ioseph, eius Sponso, beatis Apostolis”, Na Oração Eucarística III: “cum beatissima Virgine, Dei Genetrice, Maria, cum beato Ioseph, eius Sponso, cum beatis Apostolis”; na Oração Eucarística IV: “cum beata Virgine, Dei Genetrice, Maria, cum beato Ioseph, eius Sponso, cum Apostolis”.

Para os textos redigidos em língua latina utilizam-se as formulas agora apresentadas como típicas. A Congregação fará a tradução nas línguas ocidentais mais difundidas; para as outras línguas a tradução devera ser preparada, segundo as normas do Direito, pelas respectivas Conferências Episcopais e confirmadas pela Sé Apostólica.

Papa Francisco nomeia bispos para Caraguatatuba (SP) e Almenara (MG)

Na manhã desta quarta-feira, 19 de junho, a Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou que o Santo Padre, Papa Francisco, nomeou dom José Carlos Chacorowski (foto à esq.) como bispo da diocese de Caraguatatuba (SP), transferindo-o do ofício de auxiliar da Arquidiocese de São Luís do Maranhão (MA). Também foi nomeado o Monsenhor José Carlos Brandão Cabral (foto à dir.) como bispo da diocese de Almenara (MG).

Dom Chacorowski nasceu em Curitiba, em 1956. Fez sua profissão religiosa na Congregação dos Missionários Claretianos em 1977, e recebeu a ordenação presbiteral em 1980. Atuou no campo da formação na Diocese de Palmas (PR), e em seguida trabalhou na missão Ad Gentes no Zaire, hoje República Democrática do Congo, entre 1982 e 1987. De volta ao Brasil, trabalhou na equipe da Pastoral Rodoviária por quase 10 anos. Foi também diretor provincial das Filhas da Caridade da Província de Curitiba (1996 - 2005). Foi pároco na diocese de Paranaguá (PR) entre 2005 e 2009, e diretor das Filhas da Caridade da Província da Amazônia, entre 2009 e 2010. Em dezembro de 2010, foi nomeado pelo papa Bento XVI bispo titular de “Case Nere” e auxiliar na Arquidiocese de São Luís do Maranhão.

O Monsenhor José Carlos Brandão Cabral é natural de Queiroz (SP), e está com 50 anos de idade. Iniciou sua formação religiosa em 1977, na fraternidade dos Frades Capuchinhos, mas em 1989 passou a fazer a caminhada dos estudos na diocese de Limeira (SP), onde recebeu a ordenação presbiteral em 1993. Trabalhou em diversas paróquias desta diocese, e colaborou com a cúria diocesana nas funções de vigário episcopal e juiz do Tribunal Eclesiástico Interdiocesano de Campinas. Atualmente, era o pároco da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, em Americana (SP) e chanceler da cúria. A nomeação para a diocese de Almenara foi realizada pelo Papa Francisco após o pedido de renúncia de dom Hugo Maria Van Steekelenburg, por motivo de idade.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

ENCERRAMENTO DA FESTIVIDADE DE SANTO ANTÔNIO DA PARÓQUIA CATEDRAL DE ZÉ DOCA

Ontem por volta das cinco horas e trinta minutos, defronte a primeira capela da cidade de Zé Doca –comunidade Santa Tereza– deu-se inicio a procissão que finaliza a trezena de Santo Antônio. Os fiéis foram se aglomerando para este último dia da festividade, contando com a presença do nosso bispo Dom Carlo, padre Márcio Junior reitor de seminário menor, padre Brito pároco da paróquia catedral cujo qual se celebra tal festividade e padre Avelino da paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro do município de Maracaçumé.



 A procissão percorreu algumas ruas de nossa cidade para assim homenagear Santo Antônio, lembrando o testemunho deste grande doutor da igreja que não parou de anunciar o evangelho de Cristo Jesus aos mais necessitados.











 Após percorrer algumas ruas da cidade cheguemos a catedral, onde dermos continuidade com a celebração eucarística. Ao termino desta, o reverendo pároco da catedral agradeceu todas as pessoas que contribuíram direta e indiretamente com a festividade de Santo Antônio.
















Já no largo da catedral houve venda de comidas típicas, leilões e show com Francisco Marinho encerando assim esta festividade de Santo Antônio.


Santo Antônio, rogai por todos nos!

Projeto une Igreja no Brasil em prol formação de seminaristas das dioceses mais pobres

Comunhão e Partilha: este é o nome do projeto solidário que surgiu da preocupação do episcopado brasileiro com a formação dos seminaristas das dioceses mais pobres. “Temos irmãos bispos que vivem em dificuldades para a manutenção da ação pastoral de sua diocese, e mesmo para a manutenção dos seminários”, relata o presidente da Comissão Episcopal para a Solidariedade entre as Dioceses, dom Alfredo Schaffler (foto). 

A Comissão foi criada após a Assembleia Geral dos Bispos em 2012 com a responsabilidade de coordenar o projeto. Desde junho do ano passado, todas as dioceses e prelazias do Brasil destinam 1% de sua receita bruta mensal para um fundo administrado pela CNBB, com o objetivo de colaborar com as dioceses que não tem recursos para custear plenamente a formação de seus seminaristas. Estas dioceses foram divididas em dois grupos: o primeiro, reúne as dioceses com renda mensal até 10 mil reais, e o outro com renda mensal acima de 10 mil e abaixo de 20 mil reais. “Existem situações muito precárias no Brasil, de bispos que vivem de forma abnegada e pobre, e às vezes até passando necessidade, para poder manter os seminaristas”, explica dom Alfredo. 

O fundo de solidariedade já realiza, desde agosto do ano passado, o repasse no valor de dois salários mínimos, em benefício de cada seminarista das 14 dioceses do primeiro grupo. São elas: Marajó (PA), São Félix do Araguaia (MT), Corumbá (MS), Borba (AM), Rui Barbosa (BA), Ponta de Pedras (PA), Paranatinga (MT), São Raimundo Nonato (PI), Zé Doca (MA), Brejo (MA), Carolina (MA), Bom Jesus de Gurguéia (PI), Bagé (RS) e Humaitá (AM).

A partir de março deste ano, o fundo iniciou o repasse no valor de 75% de dois salários mínimos em benefício de cada seminarista das 23 dioceses do segundo grupo: Abaetetuba (PA), Barra (BA), Oeiras (PI), Jardim (MS), Lábrea (AM), Cametá (PA), Coroatá (MA), Floriano (PI), Salgueiro (PE), Itabuna (BA), Tefé (AM), Três Lagoas (MS), Irecê (BA), Coari (AM), Cristalândia (TO), Cruzeiro do Sul (AC), Crateús (CE), Coxim (MS), Barra do Garças (MT), São Gabriel da Cachoeira (AM), Almenara (PA), Itacoatiara (AM) e Serrinha (BA).

Até o final de maio, 232 seminaristas foram beneficiados com o projeto. Cada diocese beneficiada deve informar à CNBB o nome do seminarista, bem como enviar um relatório anual da ajuda recebida e sua aplicação. O projeto “Comunhão e Partilha” terá duração de cinco anos, quando deverá ser avaliado pela Assembleia Geral da CNBB.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

NOVE ANOS DE SAGRAÇÃO EPISCOPAL DE DOM CARLO ELLENA, BISPO DE NOSSA DIOCESE.


Hoje lembramos nove (09) anos da Sagração Episcopal de Dom Carlo Ellena, bispo da Diocese de Zé Doca. Uma data que ficou e ficará marcado na memória de todo o povo desta diocese.
Foi no ano de 2004, nesta mesma data de hoje que a partir da 19h: 30 se iniciou a celebração eucarística pela qual o monsenhor Carlo Ellena foi sagrado e empossado como bispo da diocese de Zé Doca.
A praça da catedral de Santo Antônio estava repleta de fiéis que esperavam tal acontecimento, vindos de todos os cantos da diocese e de outras dioceses que compõem o Regional Nordeste5, como também os familiares e amigos (as) do bispo eleito se fizeram presente neste momento importante de sua vida do bispo e da igreja particular de Zé Doca.
O lema cujo bispo eleito de nossa diocese escolheu é: “acreditamos no amor”. Este lema fez parte de toda a sua caminhada, (e continua fazendo) nas diversas paróquias por onde ele visitou levando sempre em primeiro lugar o amor que Deus transmitiu aos apóstolos como testemunho para que fizéssemos o mesmo.
Dom Carlo Ellena ao longo destes anos testemunhou através dos seus jeitos simples e humilde uma dedicação muito grande pela nossa diocese, lutando sem hesitar do projeto do reino de Deus mesmo diante das dificuldades que presenciou.
Dom Carlo, só temos a agradecer primeiramente a Deus por nos ter dado um bispo como você, e em segundo lugar a você que tanto amou e continua amando nossa diocese. Que Deus continue abençoando e dando muitas forças para continuar testemunhando com palavras e gestos o Reino de Deus.   
PARABÉNS, DOM CARLO ELLENA a nossa diocese só tem a agradecer a Deus por nos ter dado você como bispo.

segunda-feira, 10 de junho de 2013


FESTIVIDADE DE SANTO ANTÔNIO


Ontem aconteceu a nona noite da festividade de Santo Antônio cujos notários responsáveis foram a legião de Maria e grupos juvenis da paróquia. A santa missa foi presidida pelo padre Agnaldo reitor do seminário maior Dom Guido Maria casulo da diocese de Zé Doca- MA. Logo mais ao termino da celebração eucarística houve o show de Frei Zeca que animou como muita alegria povo de Deus que se encontrava no largo da catedral.