OBJETIVO GERAL


OBJETIVO GERAL:
Evangelizar a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (Jo 10,10), rumo ao Reino definitivo.


quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

DECRETO EPISCOPAL


FIAT MISERICORDIA TUA


DOM JOÃO (JAN) KOT, OMI
POR MERCÊ DE DEUS E SÊ APOSTÓLICA,
BISPO DE ZÉ DOCA – MA


       Aos que este nosso Decreto virem, saudação, paz e bênção no Senhor.

    Fazemos  saber  que,  em  virtude  das  necessidades espirituais da nossa Diocese de Zé Doca – MA, constituímos o Conselho Presbiteral, segundo os cânones de 495 a 501 do Código de Direito Canônico.

       Aos 15 dias do mês de dezembro de 2015, na reunião do Presbitério, em Nova Olinda do Maranhão, foram eleitos pelos presbíteros quatro membros do Conselho (cân. 497, nº 1). Segundo cânon 497, nº 2 e 3, outros membros ao longo dos dias seguintes foram confirmados (membro nato, em razão do oficio e nomeados pelo Bispo). 

       Faço saber a todos que a partir do dia 01 de janeiro de 2016 até 31 de dezembro de 2018 (três anos) compõem o Conselho Presbiteral da Diocese de Zé Doca – MA, Reverendos Padres:

1. Agnaldo Costa Oliveira,

2. Cosmo de Souza Almeida,

3. Erenaldo Pereira Caxias,

4. José Raimundo da Silva,

5. Manoel Romildo Cardoso Gois,

6. Paulo Ricardo Teixeira Marques, e

7. Raimundo Brito dos Santos – Vigário Geral.

       Agradeço aos Padres que aceitaram a eleição e nomeação para compor o Conselho, desejo que Deus em sua infinita misericórdia abençoe os nossos trabalhos em prol do Reino e do Povo de Deus da nossa amada Diocese de Zé Doca. 
     
       Dado e passado na nossa Cúria Diocesana, aos 31 de dezembro de 2015.

__________________
+Dom João (Jan) Kot, OMI
Bispo de Zé Doca - MA

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

CÍRIO FLUVIAL E TERRESTRE DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO EM CÂNDIDO MENDES, MA




       O Círio de Nossa Senhora da Conceição em Cândido Mendes, MA, acontece há 55 anos, onde, pastorais, movimentos e devotos se organizam em seus bairros, trabalhando em prol do Círio, para que continue sendo uma expressão de fé, de amor e devoção pela Mãe de Deus. 

       Em 2015, primeiro ano sobre a administração do Padre Nato, o Círio teve algumas novidades que agradaram ao povo candidomendense e visitantes de outros municípios.

       O Círio iniciou no dia 28 de novembro as 06hs00, com uma grande carreata pelas ruas de Cândido Mendes até a capela Imaculada Conceição, onde todos os veículos e motos foram abençoados e aspergidos com água benta, e logo em seguida teve a Santa Missa, e no final um momento de confraternização com café da manhã. As celebrações continuaram todos os dias as 06hs30 na capela Imaculada Conceição e as 19hs30 na Matriz Nossa Senhora da Conceição.

       E no dia 07 de dezembro, a grande novidade foi o Círio Fluvial pelas aguas do Rio Maracaçumé, que aconteceu as 15hs com a presença de nosso Bispo Dom João Kot, OMI, que acompanhou na balsa que levava a imagem junto com padre Nato e vários devotos, e seguido por mais de 26 embarcações decoradas pelos pescadores para homenagear a Nossa Mãe Maria. O grande ápice desse dia, foi quando Dom João, acompanhado por Padre Nato, fizeram a benção do Rio e das embarcações, aspergindo água benta sobre todas elas. O Círio Fluvial foi concluído com a transladação da imagem de Nossa Senhora da Conceição até uma capela no bairro vizinho.

       O ponto culminante foi o encerramento do festejo no dia 08 de dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição, que contou com a participação do Bispo Dom João Kot, OMI e dos Padres Cosmos, Nunes, Romildo e do anfitrião Padre Nato, acompanhado de milhares de peregrinos e devotos que conduziram a imagem de Nossa Senhora da Conceição, seguida pelas as imagens dos Padroeiros dos Bairros e Vilas da Paróquia E, não podia faltar a tradicional corda puxada com muito amor e devoção pelos fieis, pelos bairros de Cândido Mendes até a igreja Matriz, onde deu continuidade com a Santa Missa presidida pelo Bispo, que fez uma linda homilia, destacando a importação da devoção a Nossa Senhora, e se encerrou com aspersão de água benta nos fieis e uma bela queima de fogos.



































 














Por: Eloisa Barbosa S. Viana