OBJETIVO GERAL


OBJETIVO GERAL:
Evangelizar a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (Jo 10,10), rumo ao Reino definitivo.


sábado, 26 de março de 2016

Parabéns Dom Carlo Ellena

            
Caríssimo Dom Carlo,



            Mais uma vez, temos a graça de comemorar seu aniversário natalício. Então em nome de todos nossos padres, religiosos, lideranças leigas, seminaristas e amigos, que fazem esta Diocese de Zé Doca, desejo ao senhor muitas bênçãos de Deus, muita saúde e paz. Como já comentei nas nossas trocas de cartas, o senhor continua presente nas nossas orações, e tenho certeza que ocupa um lugar privilegiado em muitos corações.

            Esperamos sua visita e como comentei, tem um quarto a sua disposição na casa episcopal, é só se decidir, fique à vontade e pode passar quanto tempo quiser.

            No dia do Seu aniversário vamos celebrar a abertura oficial do Seminário Propedêutico, em Zé Doca, não é coincidência, é providencia de Deus e presente para marcar esta data. Prometo que a intenção de ação de graças e pela sua vida será celebrada, com muitos que participarão nesta festa. 

            Pelo carinho e gratidão que a diocese de Zé Doca tem para com o senhor, pedirei aos nossos Padres, que nas celebrações da Páscoa, e no dia 28 de março, seja lembrada a vossa pessoa, nas intenções das Missas e em nossas orações. E tenha a certeza que faremos com muito amor.

     Mais uma vez, PARABÉNS DOM CARLO, DEUS TE ABENÇOE.
     Minhas orações filiais envio, sua bênção peço e até logo.

     Atenciosamente

+ João Kot, OMI



                                                  Zé Doca, 26 de março de 2016

sexta-feira, 25 de março de 2016

MISSA DOS SANTOS ÓLEOS NA DIOCESE DE ZÉ DOCA


Mais um ano a Diocese de Zé Doca realizou a “Missa da Unidade” ou Missa dos Santos Óleos, junto de seu pastor diocesano Dom João Kot, OMI, o clero da diocese, seminaristas, religiosos e religiosas e centenas de fiéis vindos de todas as paróquias da diocese de Zé Doca.



Segundo a norma litúrgica a Missa dos Santos Óleos deve ser celebrada na manhã da quinta-feira Santa, mas por razões pastorais, sobretudo as grandes distâncias de nossa Igreja particular, celebramos na quinta-feira antes da Semana Santa e para possibilitar que mais fiéis e todo o clero participem desta celebração.

A Diocese de Zé Doca, a cada ano a realiza em uma paróquia diferente, e este ano no dia 17 de março, quem acolheu toda a Diocese foi a Paróquia São Pedro em Maranhãozinho, onde o Padre Sáris Ribeiro Verde atua como pároco.

Nesta Missa foram abençoados os óleos dos enfermos e catecúmenos e consagrado o Óleo do Crisma, que serão usados durante todo o ano pelos párocos e pelo bispo na administração dos sacramentos, Batizados, Crismas, Ordenações e Unções dos Enfermos.

Foi uma bela Missa, bem preparada pelo Padre Sáris Verde e seus paroquianos, cheia de simbologias que caracterizavam a liturgia celebrada. Cada padre recebeu de uma família local uma estola, que marcou solenemente momento, na celebração da Missa do Crisma, todos os padres renovaram perante o bispo diocesano Dom João Kot, OMI e todo o povo, suas promessas sacerdotais.







Em sua homilia o Bispo exortou a todo o povo presente e aos sacerdotes, refletindo a liturgia da palavra e a missão que o sacerdote exerce com o povo, tudo isso é por graça divina. Dom João destacou: “A sociedade, os homens que se entregam apenas aos interesses particulares, as ideologias humanas, correm o risco de promover situações de perigo. Agora dentro de uma Igreja, dentro de uma sociedade de fé, não permitamos que isso aconteça. Celebrando a Missa da Unidade queremos celebrar nossa comunhão com Deus, com o irmão e todos aqueles que estão aqui celebrando conosco. [...] que não se permita que nas nossas paróquias e comunidades sejam divididas por causa das preferencias partidárias e ideológicas. A Igreja não é isso... e não é permitido usar o espaço da Igreja para isso. Igreja é reconciliação, é criar uma sociedade mais humana e fraterna. Essa é a nossa missão” ressaltou o bispo aos padres e ao povo ali presente.


Agradecemos de coração na pessoa do reverendo Padre Sáris Ribeiro Verde a todos os paroquianos de Maranhãozinho, pela belíssima celebração preparada e pelo acolhimento a todos os irmãos de nossa diocese que estiveram ali celebrando como Igreja particular de Zé Doca.