OBJETIVO GERAL


OBJETIVO GERAL:
Evangelizar a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida (Jo 10,10), rumo ao Reino definitivo.


quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

FESTEJO DE SÃO SEBASTIÃO 2016, EM CARUTAPERA-MA



Durante dez dias a comunidade paroquial de Carutapera viveu intensamente o festejo de seu padroeiro o Mártir São Sebastião. Momentos riquíssimos de uma religiosidade enraizada no coração do povo carutaperense. Este ano tivemos algumas particularidades no festejo. Em pouco menos de um ano como pároco daquela paroquia o padre Cosmo Sousa Almeida, tem conseguido muitos feitos, que há dezenas de anos não víamos, como por exemplo a separação dos festejos civis, realizados na praça da matriz, agora remanejados para um local bem mais propício, deixando o espaço da Igreja para que os devotos e romeiros possam vivenciar com mais tranquilidade sua fé. Claro que essas mudanças trouxeram muitos comentários e inquietações por parte de alguns, porém grande parte da comunidade católica aprovou a mudança, enfim, depois de tudo pôde-se confirmar que a tão necessária mudança foi a mais acertada para o momento.

Quantos a novena foi tudo muito belo e bem participado. Tudo começou no dia 10/01 com a missa do Envio de todos os que trabalham no festejo. E pela primeira vez em 104 anos de festejo, pela primeira vez o bispo diocesano fez a abertura, participou da “levantação do Mastro” de São Sebastião e como sempre muito bem participada pelos fiéis, que trouxeram o Mastro nos ombros até a praça da matriz. Foi levantado marcando o início do festejo. E como não poderia faltar para a alegria das crianças a chuva de bombons doados pelos promesseiros.













No1º dia, a abertura teve a missa presidida por nosso Bispo Diocesano Dom João Kot e houve também a instituição de 28 ministros da Eucaristia das paróquias de Centro Novo do Maranhão, Amapá do Maranhão e Carutapera. E solenemente foi lacrada a porta central da igreja matriz, e que fora aberta solenemente no dia 20 de janeiro.





2º dia - 12/01, na responsabilidade das Mães. A missa foi presidida pelo Padre Saris Ribeiro Verde, pároco de Maranhãozinho.

3º dia - 13/01, na responsabilidade dos Casados e comunidades do Perpétuo Socorro, Caju, Bajaco. A missa foi presidida pelo Monsenhor Mário Racca.



4º dia -  Dia 14/01, foi a noite da Pastoral da Juventude, comunidade Santa Luzia e comunidade da Forquilha e São José. A missa foi presidida pelo reverendo padre Nunes pároco de Centro Novo do Maranhão.




5ª dia -  Dia 15/01, foi na responsabilidade dos Professores e profissionais da Educação. A missa foi presidida pelo pároco de Cândido Mendes o padre Nato.









6º dia -  Dia 16/01, na responsabilidade do Apostolado da Oração e Legião de Maria, comunidades São Benedito e Murujá.  Quem presidiu a missa foi o padre José Raimundo Pinheiro.






7º dia -  dia 17/01, a missa foi presidida pelo pároco de Carutapera o Pe. Cosmo e a responsabilidade da noite ficou por conta dos profissionais da Saúde, comunidade de Santa Rita de Cássia.

8º dia - dia 18/01, como de costume na responsabilidade dos Lavradores e comunidade Madre Rossello. Foi presidida pelo padre Paulo Ricardo pároco em Governador Newton Bello.

No dia 19/01, noite dos pescadores e Véspera da Festa a missa foi presidida pelo filho da terra o Bispo da Diocese de Viana Dom Sebastião Lima Duarte.



O dia da festa foi marcado por momentos impares para toda a comunidade não só de Carutapera como também toda a comunidade diocesana que ali esteve presente, com a procissão, missa e a abertura de mais uma Porta Santa em nossa diocese. Parabéns ao padre cosmo, a todas as equipes que ajudaram a preparar o festejo e a todo o povo de Carutapera. E assim foram os dias que antecederam o grande dia do padroeiro como veremos na próxima postagem. Quer mais... continue nos acompanhando nosso blog.  Abraços até mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário